Banda Marcial 03 de Agosto recebe título de Patrimônio Imaterial e Cultural da Vitória de Santo Antão

A Banda Marcial 03 de Agosto recebeu nesta sexta-feira (18/11) o título de Patrimônio Imaterial e Cultural da Vitória de Santo Antão. A honraria, aprovada pelo Poder Legislativo e sancionada pelo Poder Executivo Municipal, foi entregue em ato realizado na quadra do Colégio Municipal 03 de Agosto e contou com a apresentação da banda, fundada em 27 de setembro de 1949.

O projeto de lei foi proposto pelo vereador André de Bau e teve como co-autores Lourinaldo Júnior e Bau Nogueira. O ato contou com a presença do prefeito Paulo Roberto, secretários municipais, vereadores, alunos, professores, gestão da escola e ex-integrantes da BM3A. “É um momento muito importante para todos vitorienses que passaram pelo 03 de Agosto saber que a banda agora é patrimônio Imaterial e Cultural da cidade da Vitória de Santo Antão e ela merece muito mais. Vamos melhorar mais ainda a educação da nossa cidade, fortalecendo com a integração da arte e da cultura”, destacou o prefeito.

O regente André Fernandes ressaltou a conquista do título. “A sensação é de dever cumprido, de saber que o trabalho que estamos fazendo com essas crianças vai continuar e vai ser eternizando com elas e com as que vão chegando, formando essa grande família”, disse. “Há 77 anos que a Banda 03 de Agosto vem avelhentando não só nos desfiles de 07 de Setembro, mas também em várias competições, representando Vitória. Então a gente entende que esse título vem legitimar o que o povo já traz com a representatividade da banda para o município”, acrescentou a gestora da escola, Velda Martins.

Para o presidente da Câmara, André de Bau, o título representa a grande história do grupo musical. “A importância e a tradição que o 03 de Agosto tem na nossa cidade levou a criação dessa lei. Ainda me lembro, quando era criança, o desfile de 07 de setembro com a banda sendo protagonista. Nada mais do que merecido esse título”, disse. “A Banda 03 de Agosto é conhecida em todo estado de Pernambuco e no Brasil. Recentemente se classificou para a semifinal da Copa de Bandas e Fanfarras de Pernambuco. É muito importante a gente valorizar o que é da nossa terra”, complementou o vereador Lourinaldo Júnior.

Skip to content