Em Vitória, agentes da Guarda Municipal participam de formação para o combate à violência de gênero

A Secretaria de Defesa Social e Segurança Cidadã da Vitória de Santo Antão, em parceria com a Secretaria da Mulher, promoveu na manhã desta segunda-feira (24/05), a aula inaugural do Curso de Formação dos Agentes Municipais para o Combate à Violência de Gênero. O evento vislumbrou o início da articulação para a criação da Brigada Maria da Penha, cujo objetivo é integrar a Guarda Municipal na rede municipal de assistência às mulheres vítimas de violência.

Na oportunidade, além do vice-prefeito, professor Edmo Neves, participaram também a delegada da Mulher em exercício, Silvia Rabelo, o secretário de Segurança Pública de Camaragibe, Marcílio Rossini, a comandante da Guarda Municipal de Camaragibe, Débora Lourdes, e a chefe da Brigada Maria da Penha da referida corporação, Carmem Clemente, discorrendo sobre temáticas pertinentes ao projeto.

“Temos hoje a aula inaugural. Aproximadamente durante mais de mês, nós realizaremos este curso com todos os integrantes da Guarda Civil. Nosso objetivo maior é cada vez mais capacitá-los para interação e o serviço à sociedade”, ressaltou Ady Alves, secretário de Defesa Social. A expectativa é que nos próximos dias, Vitória receba uma viatura para servir exclusivamente ao núcleo de repressão à violência doméstica.

A secretária executiva da Mulher, Rosa Santana, destacou a iniciativa. “Nós temos a guarda majoritariamente masculina. Então, no momento que uma mulher é vitimada, no momento que a mulher está entrando em medida protetiva, precisa ser bem acolhida. Por isso, precisamos ter a qualificação para atender essas mulheres” disse Rosa.

Para o vice-prefeito da Vitória, Edmo Neves, essa é uma forma de trazer conhecimento para nossos agentes e fortalecer as políticas públicas em Vitória. “Temos sempre buscado evoluir com parcerias, articulação e com interlocução de todos municípios. A gente tem essas experiências exitosas para que Vitória possa cada vez mais trazer melhores dias para a população”, frisou.

Skip to content