Vitória de Santo Antão celebra aniversário da Batalha das Tabocas com atividades cívicas, culturais e religiosas

A cidade da Vitória de Santo Antão celebrou nesta terça-feira, 3 de agosto, feriado municipal, a passagem dos 376 anos da Batalha do Monte das Tabocas. As comemorações da data histórica foram marcadas por atividades cívicas, culturais e religiosas. A batalha, que se deu em 03 de agosto de 1645, foi o marco inicial da expulsão das tropas holandesas de solo pernambucano durante o ato revolucionário luso-brasileiro chamado de ‘’Insurreição Pernambucana’’, que tinha como objetivo impedir o avanço das frentes estrangeiras na nossa região.

Na Praça 3 de Agosto, bairro do Livramento, foram iniciadas as atividades cívicas, com o hasteamento das bandeiras, discurso das autoridades e explanação sobre a batalha, com a historiadora Cláudia Vicente. O Tiro de Guerra e Banda Marcial do Colégio 3 de Agosto participaram da solenidade. Em seguida, ocorreu a saída da procissão com a imagem de Nossa Senhora de Nazaré. O cortejo motorizado seguiu até o Monte das Tabocas.

No sítio histórico, a programação contou com a chegada da procissão, acendimento da pira, hasteamento das bandeiras, missa campal, apresentação da Banda Marcial do Colégio 03 de Agosto, plantio de mudas de tabocas, além do show do cantor Nildo Ventura.

“Iniciamos nestas terras o sentimento nativista do povo brasileiro. Foi aqui que brancos, negros e índios se uniram para gerar essa nação. Uma nação unida que passa por cima de todas as dificuldades, como essa crise contemporânea que estamos vivendo, que é a pandemia, mas que Vitória dá exemplo de garra, respeito e esperança”, frisou o prefeito Paulo Roberto.

Os atos foram acompanhados por secretário municipais, vereadores, além de representantes do Instituto Histórico e Geográfico da Vitória, do ex-prefeito Elias Lira e dos deputados estaduais Joaquim Lira e Henrique Filho. A programação foi transmitida ao vivo nas redes sociais da Prefeitura da Vitória.

O vice-prefeito, Professor Edmo Neves, enfatizou a importância de celebrar a data e retomar as tradições. “É preciso que nós possamos levar às próximas gerações a história da Vitória de Santo Antão, que leva nossa cidade a ser conhecida mundialmente por um fato que aqui nesta terra aconteceu: a Batalha das Tabocas”, concluiu.

Skip to content